•   fgpneus@fgpneus.com.br
  •   (85) 3252-3962

Serviços

ALINHAMENTO DE DIREÇÃO

Evita desconforto ao dirigir através da combinação das rodas com o volante.
Alinhamento é o ajuste da suspensão em determinados valores que garantem a segurança e a estabilidade do veículo. Por isso, qualquer mudança nesses valores gera o desalinhamento das rodas e outras irregularidades mecânicas.
Convergência é o ajuste das rodas do eixo direcional para que fiquem um pouco mais fechadas na parte dianteira do que na parte traseira. Esse ajuste é feito para evitar que as rodas “dancem”. Uma convergência demasiada faz com que a roda gire com um arraste lateral, semelhante ao efeito provocado ao se efetuar uma curva. O resultado é um desgaste excessivo da banda de rodagem (escamas) nas raias internas e na área do ombro do pneu.
Divergência é o ajuste das rodas do eixo direcional para que fiquem um pouco mais fechadas na parte traseira do que na parte dianteira. A divergência provoca desgaste excessivo da banda de rodagem nas raias externas e na área do ombro.

O que pode causar o desalinhamento do veículo:
- Impacto em buracos, guias, etc.;
- Desgaste dos componentes da suspensão;
- Substituição dos componentes da suspensão.

BALANCEAMENTO DE RODAS

É muito importante fazer o balanceamento de seu carro para evitar desgastes do pneu e leves puxadas para as laterais. O balanceamento serve para corrigir as diferenças do peso entre os pneus e as rodas, aumentando o desempenho do carro.
Normalmente você deve fazer o balanceamento o seu veículo a cada 10.000 km rodados (à medida que o pneu se desgasta, altera-se o peso da roda, exigindo ajuste do contrapeso). Entretanto, notando alguma irregularidade, mande testar o balanceamento.

O seu veiculo está sem balanceamento quando ocorre:
- Vibrações na direção;
- Desgaste prematuro dos amortecedores;
- Esforço anormal dos componentes da suspensão;
- Desgaste irregular dos pneus.

CAMBAGEM

É o ajuste que reorganiza a inclinação da roda, parte de cima e de baixo, em relação a um plano vertical. Este ajuste, de um modo geral, controla as características de rolamento das rodas. Cambagem positiva é a situação em que as rodas estão mais próximas na parte de baixo, isto é, onde tocam o chão, do que na parte de cima.  Cambagem negativa é a situação oposta, isto é, as rodas estão mais próximas na parte de cima do que na parte de baixo, onde tocam o chão. A cambagem excessiva provoca desgaste anormal da banda de rodagem e do ombro do pneu. Quando positiva, afeta a parte externa do pneu e, quando negativa, a parte interna.

REGULAGEM DE FARÓIS

É importantíssimo regular os faróis para melhorar a visão do motorista e consequentemente prevenir acidentes.
Fabricantes recomendam que os faróis sejam regulados, preventivamente, a cada seis meses, pois o uso diário do veículo e as trepidações que sofrem nas ruas e estradas fazem com que percam a regulagem. Além disso, sempre que o farol ou lâmpada forem trocados ou quando o veículo passar por manutenções de pneus, amortecedores, suspensão etc, a regulagem é necessária.
A regulagem bem feita assegura que o facho de luz ilumine adequadamente o caminho e não ofusque a visão de quem trafega no sentido contrário. Deve ser feita na função luz baixa com o veículo posicionado a 30 cm do aparelho especifico. Para efetuar a operação é necessário o uso ferramentas adequadas que a BanaPneus possui que encaixam perfeitamente nos parafusos de regulagem, localizados na carcaça do farol, sustentando o refletor.

TROCA DE ÓLEO E FILTRO

A troca de óleo no período correto reduz o atrito e o desgaste das peças, diminui barulhos e absorve parcialmente o calor que é produzido pelo motor. A cada troca, o filtro deve ser substituído. Todos os filtros têm prazos específicos para sua troca. A troca também evita que partículas metálicas liberadas pelo desgaste natural das peças atinjam partes móveis do motor.
Troca do filtro aconselhada: A cada troca de óleo é aconselhável também a troca do filtro.
Condição dos filtros:
Filtros sujos e/ou de baixa qualidade significam contaminação prematura. Também devem ser substituídos periodicamente. À medida que se utiliza um veículo, a quantidade de contaminantes no óleo vai aumentando. Como os produtos da combustão são formados continuamente, e, conseqüentemente, absorvidos pelo óleo, torna-se cada vez mais difícil para o óleo proteger e lubrificar o motor.

SISTEMA DE SUSPENSÃO

O sistema de suspensão tem uma função importantíssima no automóvel. É ela que absorve por meio dos seus componentes todas as irregularidades do solo e não permite que trancos e solavancos cheguem até os usuários. Também é responsável pela estabilidade do automóvel.

Os principais componentes do sistema de suspensão são:
- Molas;
- Amortecedores;
- Barras estabilizadoras;
- Pinos esféricos (pivôs)
- Bandejas de suspensão.